CUIDADOS COM EPI E C.A.

Home / Curadoria / CUIDADOS COM EPI E C.A.
CUIDADOS COM EPI E C.A.

CUIDADOS COM EPI E C.A.

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO E SUAS PRINCIPAIS VANTAGENS EM UM CONTEXTO GERAL

Os famosos equipamentos de proteção individual, ou epi’s, como são bem conhecidos também, são a priori, uma das maiores preocupações que uma empresa deve ter nas questões referentes à proteção e à integridade física dos seus colaboradores. Como é de costume eles são largamente divulgados e recomendados, de maneira geral, eles são utilizados em praticamente todos os tipos de ocupações, sendo assim necessário para a proteção efetiva a saúde do trabalhador, seja na área florestal, civil ou industrial, os equipamentos de proteção individual fazem parte dos direitos e deveres na relação patrão e empregado.
Para os empregadores, o fornecimento de equipamentos de proteção individual, vai muito além de atender uma demanda jurídica, o seu fornecimento é a garantia básica de que o funcionário irá realizar suas atividades sem perdas materiais, produtivas e principalmente humanas. os custos de um acidente de trabalho, não geram só perdas aos empregados e empregadores, mas para toda a sociedade que depende de trabalhadores, homens e mulheres “saudáveis”, em toda a amplitude da palavra. A cadeia produtiva é totalmente dependente do bem-estar físico e mental de seus atores, essa garantia é o que torna a sociedade mais saudável e assim mais evoluída.
Para uma sociedade equilibrada é necessário portanto que todos, sem distinções, possam voltar para casa ao final da sua jornada de trabalho, da mesma forma que saíram de seus domicílios. no campo trabalhista, ferramentas como o emprego de epi, treinamentos, exames ocupacionais, diálogos diários de segurança, auxiliam para que riscos sejam minimizados.
Trabalhadores que negligenciam o uso de epi são considerados por muitos especialistas, como inocentes e vulneráveis, seguindo a analogia a uma criança, que tenta em seus momentos de exploração, coloca os dedos na tomada de energia. Como a criança inocente, o empregado despreparado corre o mesmo risco, porém com gravidade talvez muitas vezes maiores em seu ramo de atividade e assim precisando de atenção e de orientação.
Contudo, nossas estatísticas apresentam um número aterrorizante de acidentes de trabalho, que deixa a todos preocupados, o que convence a todas a necessidade de prevenção, sendo este um trabalho não só de prevencionistas mas de toda a sociedade, haja vista, que o emprego de epi é a melhor forma de manter os cuidados, assegurando uma relação sadia e duradoura de trabalho. e para isso, o ideal é seguir todas as recomendações.

Leave a Reply

Your email address will not be published.